Ir aos links

Sindicato quer igualdade no desconto em folha de plano de saúde

Sindicato quer igualdade no desconto em folha de plano de saúde

Desde setembro, a presidente Neuza Vicentini tem cobrado o governo municipal para que o desconto em folha de plano privado de saúde (Unimed ou LifeDay) não seja contabilizado com a margem de crédito consignado, que é de 35%. A contratação desses planos é destinada aos servidores celetistas, que não são contemplados com o ISSEG. “O que queremos é que a margem de consignável não inclua estes planos de saúde, assim como não inclui o ISSEG”, destacou a presidente em ofício encaminhado ao governo.

Com o recebimento de negativa por parte do executivo, o Sindicato reforçou o pedido argumentando que o princípio constitucional de igualdade não está sendo garantido, já que os servidores conveniados com o ISSEG têm tratamento diferente em relação ao desconto em folha. “A Administração possui então dois pesos e duas medidas?”, questionou a presidente. A resposta, assinada pelo secretário de administração, Alexsandro Lima Vieira, continua no mesmo tom.

Achamos lamentável essa atitude e vamos continuar cobrando o governo por igualdade. Recentemente, uma servidora celetista não pode contratar um plano privado de saúde para ela e sua família devido a margem do consignado ter ultrapassado em R$ 9.